Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Sarajevo 27/01

Sarajevo

"SARAJEVO"

- Mãe ... oh mãe, mãe!?
Tenho fome, mãe...
Mãe... oh mãe, mãe!?

Tenho medo, mãe...

Mãe, oh mãe, mãe,
Tenho frio mãe...
Eu vou morrer, mãe!!!

É sempre assim
Dia a dia,
Sempre e sempre
E já vai longo o tempo
Em que é sempre assim
Em Sarajevo...

Quando irão crescer,
Em esperança,
Estes tão tristes seres
Na idade dos sorrisos?

Alguns conseguem
Fugir...

Mas quantos ficam pra sempre
Nos despojos da guerra?

Até quando ouvirá
O Mundo
E em quantos Sarajevos
Aquele grito de angústia:

- Mãe... oh mãe, mãe!...

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem

O Próximo Homem 26/01

O Próximo Homem

"O PRÓXIMO HOMEM"

Há sempre um Próximo Homem
Para onde quer que seja...

Do: Soldado ao comandante,
Marinheiro ao almirante,
Varredor ao vereador,
Segurança ao director,

Há sempre...

Desde o sacristão ao Papa,
Do lixeiro ao presidente,
Em qualquer ponto
De um mapa,
Do ausente ao residente,

Há sempre...
Um Próximo Homem
Para onde quer que seja:

Porque o mundo continua
E nada pode parar,
Desde o tráfego da rua,
Às rotas do céu e mar...
Tudo tem alternativa,
Pra tudo ter solução,
Pois em qualquer narrativa,
Desde a Bíblia ao Corão,

Há sempre um Próximo Homem
Para onde quer que seja...

Mas nestas democracias,
Desde Mundo Ocidental,
Por entre burocracias
E fundos do capital,
Pesa o voto de quem vota,
Não sem a legal batota
Da promessa original

Porque:
Há sempre, um Próximo Homem
Para onde quer que seja...

Seja homem ou mulher
Será o que convier...
Mas sempre haverá um próximo,
Um alguém, um outro ser,
Que virá depois do outro e do outro que vier...

Se eu for o Próximo Homem
De um outro que hoje saiu,
Haverá um outro então,
Que ainda não se previu,
Que depois de mim virá
E não sei o que fará, porque:

Há sempre... um Próximo Homem
Para onde quer que seja...

E havendo... que viva o Próximo Homem ...
Porque o outro já não está...
O dilema surgirá só quando
O Próximo Homem
Não tiver um outro alguém
Pró Próximo ser também...

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem

Na Estupidez de um Poeta 25/01

Perfil de Gil Saraiva

"NA ESTUPIDEZ DE UM POETA"

Na estupidez de um poeta
O âmago é o sonho... a periferia: a realidade,
A verdade é a morte, a loucura: o amor.

Na estupidez de um poeta
A vida é uma questão sem resposta:
Até quando?


Na estupidez de um poeta
O bonito foge à moda,
O medíocre devia sê-lo,
A razão é relativa e a mulher: absoluta.

Na estupidez de um poeta
Há duas opções na vida:
O egocentrismo e o idiotismo
Mas qualquer dos dois é feliz.

Na estupidez de um poeta
O riso é cínico e a guerra não.
E se o saber não ocupa lugar
Para quê haver problemas?

Na estupidez de um poeta
A política existe, a poluição existe,
A ameaça nuclear existe,
Porque toda a merda é orgânica!

Na estupidez de um poeta
A existência é sádica, o Homem: masoquista,
E o pensamento é a fusão dos dois...

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem

Mulher 24/01

 

Mulher

"MULHER"

No mundo existe um ser, quase irreal,
Ao qual foi dado o nome de Mulher...

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher
Ou o berço mais perfeito,
Mais subtil,
A fonte de toda a Humanidade,
Aquela luz que brilha
Dia e noite
A todos quantos lhe chamaram
Mãe!

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher,
Nogueira que os anos reduziram
A mobília de luxo,
Estilizada,
De porte antigo,
Austero e imortal;
Ou em mesa de sala,
Gasta, enegrecida,
Onde outras gerações contam segredos
Aos nós ou aos ouvidos da
Avó...

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher
Ou vida que cresceu e que floriu
Sob o olhar da águia e do falcão;
Até que ganhou asas... liberdade;
Até olhar pra trás e num sorriso
Dizer que já foi nossa a nossa
Filha!

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher
Ou alma ou coração; que terno...
Tão piedoso...
O cofre-forte,
O banco da saudade,
A gema cristalina em mais pureza,
O símbolo mais casto da justiça,
O sinónimo exacto para um
Anjo!

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher
Ou espada reluzente, tão certeira,
Tantas vezes fria que foi neve,
Mordaz, esperta, vingativa,
Uma artimanha feita de truques,
Trevas e tristezas, reflectindo no espelho
Lucifer!

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher
Ou miragem de outros Tempos
Neste Tempo;
A gota de água que ao cair deleita
A terra que a recebe saciada;
A estrela mais notável porque bela,
O termo mais correcto pra
Beleza...

E é tão bonito ouvir dizer Mulher...

Mulher,
Tambor, apocalipse de emoções,
Ritmo frenético dos homens, o gosto,
Aquele sabor a sal tão doce...
Os dias que nem têm uma hora
Pra quem olha pra ti e grita: "Amor";
Pra quem nasce pra ti e quem, um dia,
Já dentro do teu corpo diz
Mulher!

E tu
Simplesmente sorris,
Porque é bonito ouvir dizer
Mulher...

No mundo existe um ser quase irreal...

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem

Cotidiano 23/01

 

Cotidiano...

"COTIDIANO"

Tu és o Cotidiano
Invariavelmente igual!

Só tu estás em toda a parte,
Todo o dia...
Todo o ano...

Num pôr-do-sol tropical,
Vulgarizado pla Arte
Ou em qualquer altitude,
Latitude ou longitude;
Na Virtude, lá no fundo
Dos oceanos salgados...

Ou nos Tempos já passados
Ou nos risos escondidos;
Nos gritos loucos da Morte,
Nas chagas dos mal nascidos
Ou nas cartadas da Sorte...

Tu és o Cotidiano
Invariavelmente igual!

E se algum dia tentarem
Quebrar, de alguma forma,
O ritmo... em ti... normal
Terão feito, terão sido
O que tu és:

Invariavelmente igual,
Invariavelmente iguais:
Cotidianos... nada mais!

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Seja Bem vindo ao Twitter

Follow JJGilSaraiva on Twitter

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D