Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

09
Abr09

Negra Barca 09/04

Gil Saraiva

 

Negra Barca

"NEGRA BARCA"

O rio desce a encosta negra, escura,
Negra a noite desce, sobre ele, também...
Negro homem, que por ele abaixo vem,
É barca, nessas águas, insegura...

Oh! Pobre casco, de madeira dura,
Afunda-te nas vagas dum desdém,
Que quem amas, sorrindo, por ti tem...
Afunda-te nas águas da natura...!

Leva contigo esta mancha de vida,
A barca negra de uma negra dor,
A barca, que sou eu, na despedida

Mui'  cruelmente negra desse amor...
Perdi a luz, nas trevas sou monarca,
Sem ti nada mais sou que a negra barca!...

Haragano, O Etéreo in Folhas de Outono, Flores de Primavera

Sem ti...