Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

12
Abr09

Para Ti... 12/04

Gil Saraiva

 

Livro de Poesia

 

"PARA TI..."

Para ti que não me ouves e me lês
É simples o que eu digo, conto ou sinto,
É bem claro o que escrevo, falo, pinto,
Em sonetos de puro português...

Para ti, que jamais  - nunca - me vês,
Nas entrelinhas lendo o que pressinto,
É tão fácil saber quando minto,
E até, talvez, conheças os porquês...

A ti, leitor, da minha Poesia,
Uma verdade tenho a revelar:
Na voz não tenho o tom de uma alegria,

Nos olhos minhas lágrimas são mar...
E desta boca saem sons dispersos;
Palavras gaguejadas... são meus versos!...

Haragano, O Etéreo in Folhas de Outono, Flores de Primavera

Palavras gaguejadas são meus versos...