Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

14
Mai09

Eventos Cíclicos e Gente com Nome - 14 de Maio

Gil Saraiva

Quadro - Olhares - Saraiva

Eventos Históricos
1610 - O rei Henrique IV da França é assassinado em Paris.
1897 - O físico e inventor italiano Guglielmo Marconi faz a primeira transmissão de rádio da história.
1900 - Abertura dos II Jogos Olímpicos da Era Moderna em Paris, na França.
 

1939 - Lina Medina se torna a mais jovem mãe da história da medicina.  Lina Medina (Pauranga, 27 de Setembro de 1933) é uma peruana que teve um filho aos cinco anos de idade, sete meses e 21 dias, tendo engravidado por volta de seus quatro anos e oito meses. Além do feito, a menina ficou conhecida por também nunca revelar o nome do pai da criança e também por passar sua vida em pobreza, sem qualquer assistência do governo peruano. Casou-se em 1972 e chegou a ter outro filho aos 38 anos de idade. Continua pobre e a viver em Lima.
 

1948 - Independência e criação do Estado de Israel
1973 - Lançamento do laboratório espacial Skylab.

Nascimentos
1944 - George Lucas, cineasta norte-americano.

Falecimentos
964 - Papa João XII (n. 955)
1610 - Henrique IV de França (assassinado) (n. 1553)
1998 - Frank Sinatra, cantor norte-americano (n. 1915);

Eventos Cíclicos
Mitologia egípcia: Dia de Ísis, ocasião em que era comemorado o encontro dessa deusa com os restos mortais de seu amado Osíris.
Feriado Municipal em Vouzela

Gil Saraiva

14
Mai09

Sem Saber Como 14/05

Gil Saraiva

Gaivota

"SEM SABER COMO"

Que vou fazer agora meu amor?
Ai, diz-me, por favor, que faço agora?
Devo afogar na dor meu ser que chora?
Devo chorar o amor sem teu calor?

Devo existir sequer? Oh, por favor,
Diz-me o que hei-de eu fazer, já,nesta hora
Em que fiquei sem ti, que foste embora?
Como vou eu viver com esta dor?

Não tens resposta, já não dizes nada,
Deixaste que te amasse e me iludi,
Pensei que a minha vida era pra ti

E afinal acabei só nesta estrada!
É tão triste, mas tão triste sonhar
Para, sem saber como, eu acordar!

Haragano, O Etéreo in Século XXI

Nuvens