Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

22
Out08

Os Novos Provérbios do Século XXI

Gil Saraiva

Proverbiando...

 "A ordenhadora computorizada é quem mais ordenha"

Inicia-se hoje uma nova rubrica nos Desabafos de um Vagabundo: Provérbios para as futuras gerações, mas não uns quaisquer provérbios insipidos carcomidos pelo tempo, novos provérbios ou, quanto muito, reinspirações de ultrapassados chavões populares.

 1) Onde se dizia "Gato escaldado de água fria tem medo" deve passar a dizer-se "Gato escaldado de cão frio tem medo" ou "Porto escaldado na Ucrânia tem medo".

 2) Onde se dizia "Mais vale um pássaro na mão que dois a voar" deve passar a dizer-se "Mais vale um passarão na prisão que dois em minha casa" ou "Mais vale um Sócrates no Governo que dois no meu andar".

 3) Onde se dizia "O Povo é quem mais ordena" deve passar a dizer-se "A ordenhadora computorizada é quem mais ordenha" ou "A Manuela Ferreira Leite não dá boa ordenha", embora neste último caso haja quem acrescente: "...e se não se tiver cuidado o leite azeda".

 4)Onde se dizia "Mais homens se afogam no copo que no mar" deve passar a dizer-se "Homem que se afoga no copo não morre afogado" ou "Quando mais o Governo afunda mais grita que sabe nadar".

 5) Onde se dizia "E tudo o vento levou" deve passar a dizer-se "Se for peido também me vou" ou "Se for a ASAE digam que nem cá estou".

 Hoje ficamos por aqui, mas amanhã continuaremos por ali. Pede-se desculpa pelo uso de uma linguagem mais brejeira, mas

 6) Prefiro morrer de fome que de caganeira

 o que apenas poderá significar que o indivíduo em causa tem um verdadeiro afecto pelo seu temperamento olfativo.

 

 Haragano

1 comentário

Comentar post