Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

02
Set11

A Lei de Murphy em Portugal - 21

Gil Saraiva

"1 - A Lei de Murphy pode ser adiada ou suspensa pelo Estado por um período de tempo indefinido, desde que esse adiamento ou suspensão possam provocar uma catástrofe ainda maior mais tarde.

 

2- A grandeza de uma catástrofe criada por um Governo é diretamente proporcional ao número de contribuintes afetados.

 

3- A grandeza de uma catástrofe é exponencialmente proporcional à importancia que tiver para o país.

 

4- Se existe uma probabilidade de 50% de o Governo obter determinado resultado, a sua probabilidade real de ocorrer é inversamente proporcional ás expetativas do Estado de que tal aconteça.

 

5 - Se dois corolários da Lei de Murphy se contradizem mutuamente numa dada ação governativa, ganha precedência aquele que potencialmente causa mais dano."

 

Gil Saraiva

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.