Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

31
Dez08

Vagabundo das Sombras

Gil Saraiva

Vagabundo das Sombras

"VAGABUNDO DAS SOMBRAS"

Vagabundo das sombras,
Haragano, O Etéreo,
Perdido em sonhos que não meus...

Procuro, procuro no crepúsculo,
Encontrar a arma branca
Que me assassine a saudade
De dias de sorriso
E noites de prazer...

Vagabundo Dos Limbos,
Haragano, O Etéreo,
Na net perdido entre circuitos
Onde os sentimentos
São palavras sem cheiro
E a caricia
Não tem o sentir da derme,
Suave, humana, apetecida...

Vagabundo de mim
Que não encontro
A cristalina razão
De meu existir...

Haragano da net,
Etéreo na viagem,
Crisálida serei
Num casulo chamado internet...

Haragano, O Etéreo in Espelho de Água