Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

21
Jan09

Carta de um Timorense 21/01

Gil Saraiva

 

Carta de um Timorense

"CARTA DE UM TIMORENSE"

Adeus Heróis do Mar
Das armas e barões já reformados...

Adeus a todos vós que edificaram
Este reino que um dia foi Timor
Adeus ó nobre Povo
De quem um dia herdamos
A força, a valentia, a resistência...

Faz muitos anos que da dor
Fazemos pão...

Desde o dia da vossa despedida
Que caça somos de um vil invasor...

A vós Heróis do Mar
Pedimos hoje
Que com esplendor levanteis de novo
A nossa,
Hoje triste,
Terra de Timor...

Quando em Dili fomos massacrados,
Quem nos ouviu pode comprovar
Que em Português, ao morrer,
Dissemos: MÃE

Eu sou o Joaquim, ele o António,
Da Silva, da Fonseca, do Rosário...

Ó Heróis do Mar
Pois foi de vós
Que a palavra saudade
A nós chegou...

E que saudades de vós Heróis do Mar!...

Haragano, O Etéreo in O Próximo Homem