Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visível o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, tudo o que a imaginação me permite

Serve este local para tornar visível o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, tudo o que a imaginação me permite

Desabafos de um Vagabundo: Brazil - Pipa - V - O Recanto do Chopinho

Brasil Pipa V.JPG(Brasil - Pipa – V – Recanto do Chopinho (Foto de autor, direitos reservados)    

Registos da Memória

V

Brasil – Pipa

O Recanto do Chopinho

 

Quem sobe as escadas naturais por entre as rochas da pequena imitação de falésia que dá acesso à Praia do Amor em Pipa, no Nordeste brasileiro, pode, se ao alcançar o arvoredo denso, antes do início das habitações coloridas, não virar logo à direita, não dar por este fabuloso detalhe da paisagem urbana. Com efeito, por entre o meio do verde natural da vegetação, numa minúscula clareira, existe uma pequena mesa creme do Sol ladeada por um banco de plástico verde escuro e uma rede de pano cru presa a duas árvores.

Trata-se do recanto do chopinho ou, melhor explicando, de um poiso para qualquer veraneante que, regressado da afamada praia do romance, com uma lata de cerveja e um copo de plástico na mão, resolva descansar um pouco, por entre o verde natural, à beira de um caminho quase oculto de acesso ao centro de Pipa.

O recanto foi pensado pelos proprietários da Pousada da Praia do amor, cansados de ver, através das varandas do seu estabelecimento, do outro lado do muro que lhes limita a propriedade, os turistas sentados no chão da minúscula clareira a fazer uma pausa, que desejariam refrescante, na caminhada de regresso ao centro de Pipa.

No tronco da árvore mais próxima afixaram um aviso em A4, devidamente protegido por uma mica, onde apenas se lê, em português e inglês: “Se precisar de cerveja grite por uma.”  Devo reconhecer que nunca pensei que aquilo tivesse qualquer tipo de resultado prático quando, por mero acaso, o assunto foi abordado com os donos da pousada. Porém, a prova que a realidade é bem mais rica do que muita imaginação é que fiquei a saber que o pequeno anúncio, que ainda tem uma ilustração de uma lata de cerveja precedida de um cartoon de um rosto de perfil a gritar, somado ao banco, à mesa e à rede, consegue vender um mínimo de 50 latas diariamente.

Não vem em nenhum roteiro turístico de Pipa, mas o Recanto do Chopinho tornou-se, para mim, uma das pérolas mais genuínas de Pipa.

Gil Saraiva

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Seja Bem vindo ao Twitter

Follow JJGilSaraiva on Twitter

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub