Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

06
Jun11

Poemas de um Haragano: Terra de Vénus - Acorda

Gil Saraiva

 

 

       II

 

"ACORDA"

 

Para um amor sentir, estando ele ausente,

E olhar eu para quem não posso ver,

Para uns lábios beijar, sem deles saber,

E para estar contigo no presente,

 

Com muito amor, apaixonadamente,

Sem a tua presença eu poder ter:

Eu fecho os olhos... sinto-me mover...

E quando volto a olhar, na minha frente,

 

Reconheço essa imagem sempre bela,

As formas desse corpo em que me deito,

O sorriso da boca mais singela,

 

Os olhos desse belo tom, perfeito...

E... sinto-te alegre e me falando:

- Acorda, Amor, acorda, estás sonhando!...

 

Haragano, O Etéreo in Terra de Vénus

(Gil Saraiva)

19
Mai09

Acorda 19/05

Gil Saraiva

 

Tendo terminado o livro de poemas "Século XXI" começa hoje

o livro de sonetos "Quimera de Quimera".

 

Mulher dos Sonhos

"ACORDA"

Para um amor sentir, estando ele ausente,
E olhar eu para quem não posso ver,
Para uns lábios beijar, sem deles saber,
E para estar contigo no presente,

Com muito amor, apaixonadamente,
Sem a tua presença eu poder ter:
Eu fecho os olhos... sinto-me mover...
E quando volto a olhar, na minha frente,

Reconheço essa imagem sempre bela,
As formas desse corpo em que me deito,
O sorriso da boca mais singela,

Os olhos desse belo tom, perfeito...
E... sinto-te alegre e me falando:
- Acorda, Amor, acorda, estás sonhando!...

Haragano, O Etéreo in Quimeras de Quimera

Mulher dos Lençois

17
Mar09

Acorda 17/03

Gil Saraiva

Mulher de Sonho

"ACORDA"

Para um amor sentir, estando ele ausente,
E olhar eu para quem não posso ver,
Para uns lábios beijar, sem deles saber,
E para estar contigo no presente,

Com muito amor, apaixonadamente,
Sem a tua presença eu poder ter:
Eu fecho os olhos... sinto-me mover...
E quando volto a olhar, na minha frente,

Reconheço essa imagem sempre bela,
As formas desse corpo em que me deito,
O sorriso da boca mais singela,

Os olhos desse belo tom, perfeito...
E... sinto-te alegre e me falando:
- Acorda, Amor, acorda, estás sonhando!...

Haragano, O Etéreo in Folhas de Outono, Flores de Primavera

Um Homem Também Sonha