Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

07
Dez19

Beijo de Aurora

Gil Saraiva

038 - aurora.jpg

39. Beijo de Aurora, surgindo suave como o advento calmo de uma madrugada de verão. Chegando sem pressas entre o movimento inicial de uns lábios e terminando descontraidamente na superfície da derme de um rosto, com naturalidade, de uma forma simples e singela, com a mesma leveza com que, por um qualquer motivo agradável, geramos um sorriso ou executamos um cordial cumprimento de cabeça. Sim, porque, no íntimo, apenas queremos transmitir empatia e, lá no fundo, deixar um pouco do que somos na memória de quem e a quem entregamos placidamente o nosso terno beijo no amanhecer.