Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

03
Mai 09

Por do Sol

"O CREPÚSCULO DO SOL..."

Não sei porque encontro beleza
Num vespertino entardecer...?

Vejo pior,
Tudo parece envolto numa bruma
Feita de cinzas sem forma,
De contornos mal definidos,
De brilho escasso...

Perco a noção da distância,
Esforço o olhar,
E fico perdido
Na indefinição das tuas formas...
Não capto o cinismo
De quem bem não me quer...

O pôr do Sol
Muda-me a cor às coisas
Sem aviso prévio...
Num fogo que não queima
Mas que arde
De emoções que me confundem
Porque gosto delas...
Estranho... não?

Desgasta-se num ápice a luz
Do Astro Rei,
O brilho cristalino
Dá lugar a uma escuridão
Salpicada de breves lampejos estrelares
Que pouco ou nada
Ajudam na poupança de energia,
Nos lares de milhões,
A quem a noite afaga...

Saímos da rua,
Correndo para casa,
Em busca da fluorescência
Da lâmpada da cozinha...

Mas todos gostamos do entardecer,
Do crepúsculo,
Do ciclo infindo
Que se repete a cada dia...

Aqui, olhando a pedra,
Que clama liberdade,
Na praia da Adraga,
Erguida das águas para o céu,
Fugindo ao mar,
No brilho esbelo do Sol
Que já vai indo,
Tentei pensar porquê...?!

Talvez porque a penumbra
Nos torna mais atentos,
De sentidos em alerta,
De um apuro extremo,
Em condições optimizadas
Para abrirmos o coração
Mais facilmente
E sermos românticos...

Ou, talvez,
Porque o crepúsculo
Ao chegar
Também anuncia a madrugada
Que virá por certo
Num novo amanhecer...

O crepúsculo também anuncia a madrugada,
E como Jano,
Não tem uma só face:
Ao chegarem as trevas temos sempre
Aquela certeza interiorizada
De que a alvorada se fará não tarda...

Dialécticas da alma,
Na dicotomia que nos faz sentir
E ir em frente,
Entre o negro do rochedo
E o branco do Sol que desce,
Amando e chorando,
Rindo e desprezando...
Mas eternamente envoltos num crepúsculo
Que simboliza a esperança
De uma nova luz que há-de chegar
Depois da noite ultrapassada...

Adoro esse crepúsculo
Que me traz as noites em que amo
Ou temo,
Que me dá os dias em que o riso
É esperança...

Caramba,
Não é há toa que
O crepúsculo também anuncia a madrugada...

Haragano, O Etéreo in Memórias Da Terra

 

Dia do Sol


Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


Seja Bem vindo ao Twitter
Follow JJGilSaraiva on Twitter
Sites Mais Úteis - Directório de Páginas Web em Portugal

Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
O Vagabundo

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Certificado
Site certificado
voos
voos baratos lisboa
voos baratos roma
+ Blogs
maisblogs.net
Blog Top Sites
Humor Blogs - Blog Top Sites
blogs SAPO