Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

25
Jan20

Beijo Dançado

Gil Saraiva

088 - dançado.jpg

89. Beijo Dançado, qual tango pleno que rasga uma sala na intensidade e beleza do ritmo. Dado com o jeito embalado de um samba que se mistura sensualmente com uma lambada de sangue latino porque se quer bem dado, bem sentido e bem emotivo. Entregue finalmente com um cheirinho de valsa, porque elegante, sério e cativante, de passo certo porque honesto e integro. Enfim, um beijo que nos embala numa dança sempre diferente, ao som de ritmos que apelam à ação dos corpos em exercícios de sensualidade que só se atingem dançado. Onde os movimentos dão ao beijar a cadência única daquilo que um dia se recordará como inolvidável.

17
Dez19

Beijo de Bem-Estar

Gil Saraiva

049 - bem-estar.jpg

48. Beijo de Bem-estar, cómodo, confortável e sempre muito elegante. É quase um beijo de charme, mas apenas pela parte dos cuidados na abordagem a quem se entrega, pois sempre será um beijo de consenso, amigável e sincero. É o mais característico beijo entre namorados, entre casais de amigos de longa data ou entre quem se conhece a uma data altura e se entende de imediato seja pelo brilho do olhar trocado num primeiro instante, seja pelo sorriso que lhes invade o rosto, seja ainda pela voz tornada música e harmonia entre os dois. Beijo de bem-estar um menu a repetir a cada reencontro.

12
Dez19

Beijo de Balança

Gil Saraiva

044 - balança.jpg

44. Beijo de Balança, porque a companhia gera o equilíbrio para este signo este é um que tem de ter paridade. Estamos no universo absoluto do dar e receber. Ele tudo faz para ser agradável e agradar, e o seu beijo é gentil, cúmplice e recíproco, a sua entrega leve, encantadora e amorosa na procura intensa de dar prazer a quem beija, não existe preguiça ou desleixo num beijo de um nativo de Balança. Aqui vive-se da afinidade e da empatia, da doçura e gentileza das palavras, da estabilidade e convivência. Se existisse um beijo mutualista seria este o protótipo sem a mínima dúvida ou hesitação. Beijo de Balança, produzido entre requinte e beleza, delicado, elegante e romântico, dependendo da orientação da outra parte são capazes do beijo mais fino e dócil ao mais excessivo e sexual.