Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

03
Jan09

O Embrião 03/01

Gil Saraiva

 

O Embrião

"EMBRIÃO"

"- Já sinto o nosso menino..."

Diz a mãe,
Com lágrimas nos olhos
E flores no coração...

"- Vem, põe aqui a mão,
Também o sentes?"

E o pai envergonhado
Diz que não...

O embrião corre pró milagre,
Mais alguns meses
E irá nascer...

E os pais perguntam:
"- Quem será ele um dia?"
"- Que missão terá ele
Neste mundo?"
"- O que fará
O nosso querido filho...?"

"- Que nome lhe daremos?"
"- Adolfo...?"
"- Lindo..."
Diz o pai...
"- Adolfo... Adolfo Hitler!"

Até o mal,
Um dia, teve
De nascer...
E quantas vezes ele nasce
Por amor?
O que fariamos nós
Se, previamente,
Conseguissemos saber?...

Haragano, O Etéreo in Gota de Lágrima