Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de um Vagabundo

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Serve este local para tornar visivel o pensamento do último dos vagabundos que conheço: EU! Aqui ficarão registados os meus pensamentos, crónicas, poemas, piadas, quadros, enfim, toda a parafernália que a imaginação e a veia me for dando.

Beijo de Surpresa

376 - surpresa.jpg376. Beijo de Surpresa, inesperado no momento em que se entrega por parte de quem o recebe, mas previamente consentido por ações anteriormente demonstradas. Rico na alegria da partilha, prometedor nas intensões e normalmente terno, carinhoso e dedicado. É muitas vezes chamado de beijo de oportunidade, porque aparece no instante possível e exato para ser entregue, apreciado e devidamente partilhado. Beijo de surpresa, dá-se com agrado, recebe-se com ânsia.

 

 

 

Beijo Superior

375 - superior.jpg375. Beijo Superior, porque um beijo está para a relação entre os seres humanos, mais comummente entre sexos diferentes, mas não só, como o ouro está para os outros metais, ou seja, ele representa os valores mais altos de uma relação, e, neste caso concreto, traduz simpatia e empatia, alegria e amizade, preferência e escolha, cumplicidade e solidariedade. Um beijo, enquanto matéria-prima exclusiva, não pode ser copiado de forma artificial ou imitado sem que os sentimentos existam na realidade e muito menos partilhado sem a conjura das almas que o dividem e transformam nesse ato único a que chamamos de beijar...

 

 

 

Beijo Suado

374 - suado.jpg374. Beijo Suado, mas não dado por quem acabou de percorrer a maratona, nada disso, este é um beijo de leito, de alcova e de intimidade absoluta. Muitas vezes partilhado durante a cópula, entre suspiros, gritos e arrepios de prazer. Molhado como os corpos que o partilham, quente, erótico, lascivo e muitas vezes promíscuo. No seu expoente máximo ele acontece no exato instante de um orgasmo mútuo, forte, grandioso e arrastado no tremer dos corpos em êxtase perfeito. Beijo suado, sem toxinas, mas carregado de hormonas em frenético movimento.

 

 

 

Beijo de Sorte

373 - sorte.jpg373. Beijo de Sorte, poder dizer que existe a quem o entregar, poder ter a certeza que será bem-vindo, poder sentir o seu cheiro nos invadir e nos mutar, poder olhar e ver que está sorrindo, poder condensar uma vida num instante, poder saber a quem nos devemos dedicar, poderemos descobrir no espaço flutuante, poder aprender como é, o que se quer e para onde se vai, é poder dar um beijo de sorte. Poder ter quem se quer e estar a onde estamos, poder por fim amar, sentir, vibrar e descobrir que sabemos voar, é poder dizer que este beijo será, como a criança nascendo sem problemas, como o palácio que depois se ri do boi, como o raio que cai sem que se tema, como o Sol descendo no crepúsculo do horizonte, como a vida que se faz para lá do medo, como a água que se bebe de uma fonte e como a gota de água que por fim nos mata a sede, mais do que qualquer coisa que importe, um verdadeiro beijo de vida, beijo de sorte.

 

 

 

Beijo de Sonho

372 - sonho.jpg372. Beijo de Sonho, dado de maneira a ficar guardado para todo o sempre nas memórias de quem o partilhou. Beijo que se descreve nas conversas à lareira, nas noites frias de Inverno, contado ao mínimo detalhe por anciãs, cuja idade já nem se representa por números, mas por expressões que traduzem bem melhor a tremenda longevidade das narradoras. Beijo sentido por poucos, e invejado por todos, pelo registo indescritível que deixou a quem o experimentou uma só vez que fosse. Beijo terno, sentido, carinhoso, vivo, pleno, inflamado e inesquecível, um beijo de sonho para um sonho de mulher.

 

 

 

Beijo Sonhado

371 - sonhado.jpg371. Beijo Sonhado que não entregue, que a distância impede o que a mente impele e o corpo pede. Este é o beijo ideal, pois sempre que sonhamos acordados em alguma coisa, devidamente inclinada para o lado do sonho, que não do pesadelo, aquilo que idealizamos tem caráter de perfeição. Beijo dado, entregue e recebido da forma mais modelar que cada cabeça consiga imaginar. <beijo que sonhamos facilmente com alguém que rendida em nossos braços, perdida em encantos que até aí julgávamos impossíveis de possuir, se entrega de vez a nós, porque esse éter ganha foros de realidade, fazendo de nós heróis da almofada, reis do lençol, senhores do colchão, imperadores do beijo que se sonha sempre porque ser assim tão especial…

 

 

 

Beijo Solto

370 - solto.jpg370. Beijo Solto de uma página cheia de imaginação e sentimento, livre de amarras, preconceitos ou tabus. Beijo acreditado nos registos ocultos da boémia, do amor ou apenas do bem-estar e da amizade, consoante a circunstância ou a oportunidade. Beijo querido, desejado, quiçá pedido ou sonhado, gerado sem negatividades, traduzindo assim, desprendido de quaisquer correntes. Beijo solto que se demonstra genuíno, nalguns casos ingénuo, noutros apenas livre, dado por consentimento e por vontade, porque acreditamos que esse é o caminho, o rumo e o futuro. Beijo solto, porque é bela a liberdade.

 

 

 

Beijo de Sol

369 - sol.jpg369. Beijo de Sol, cheio de luz, cor, vida e alegria. Um beijo que se dá pelo despertar da aurora, sob a vigília matutina do cantar dos galos, em mais um acordar da natureza para um novo dia, mas que se repete até o crepúsculo começar a invadir a linha do horizonte ocupando, por fim, o céu na plenitude, enquanto o astro rei se põe em matizes de arte, na sensualidade das cores, recortado pelas sombras do beijo, que, já sem Sol, se despede até ao nascer de um novo dia. Porque se quem beija no crepúsculo anseia pelo que a madrugada lhe poderá trazer, quem entrega um beijo de Sol espera, atento, o chegar erótico da noite.

 

 

 

Beijo de Sinal Mais

368 - sinal mais.jpg368. Beijo de Sinal Mais, ideal para começar uma nova etapa, seja um novo ano, seja um novo mês, seja um novo rumo, desde que seja novo, refrescante, contrário à negatividade do empobrecimento económico e cultural em que os governos deixam os povos. Um beijo daqueles que sabemos ser extremamente positivo, porque sincero. Um Beijo daqueles que consegue combater forças muito mais numerosas e próprias para uma qualquer disputa, mas que, pela sua negatividade, esbarram com a simplicidade de um mero beijo e são facilmente derrotadas. Um beijo daqueles em que nos parece recuperada a memória encantada dos beijos juvenis, enfim um beijo honesto, feliz, de sinal mais.

 

 

 

Beijo Sincero

367 - sincero.jpg367. Beijo Sincero porque verdadeiro na intenção com que se divide e partilha num misto de franqueza, afeição e meiguice. Beijo indelével na determinação com que o sentimos, numa certeza que vem de dentro de cada um de nós e que ganha raízes, força e objetividade, omnipotente na vontade com que nos julgamos embebidos numa mescla de poder e de saber que nos dá paz, segurança e absoluta tranquilidade. Beijo pecador na gula pela voracidade por ambos almejada, por ambos cobiçada e com que ambos devoram este beijo porque, afinal, nenhum duvida de o querer pois que genuinamente ambos o sentem.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Seja Bem vindo ao Twitter

Follow JJGilSaraiva on Twitter

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D